Partilhe

Filipe Albuquerque sagrou-se este sábado vice-campeão de LMP2 no Mundial de Resistência (WEC), graças ao segundo lugar nas 6 Horas do Bahrein. Foi o sétimo pódio da RGR Sport, que além do português conta ainda com Bruno Senna e Ricardo González – isto em nove provas disputadas.

Apesar de já não poder alcançar o título, a formação de Albuquerque lutou até ao fim pelo triunfo, sendo superada apenas nos últimos minutos pela G-Drive. A desvantagem do Ligier nas zonas rápidas do traçado de Sakhir não permitiu ao trio da RGR Sport ir mais além na prova barenita.

Ainda assim, o segundo lugar agrada ao conimbricense: “Foi uma boa prova e estamos muito contentes com o resultado que nos permite chegar ao vice-campeonato que era o nosso objectivo para esta prova”, explica o piloto.

O balanço da época também é positivo para Albuquerque, que lembra que nas duas ocasiões que a RGR Sport não subiu ao pódio foi por “problemas mecânicos, e aconteceu logo na corrida mais importante, Le Mans. Foi uma pena, mas o automobilismo é mesmo assim. Estamos contentes com o vice-campeonato, a equipa está de parabéns e vamos todos festejar agora”.

Os nossos artigos mais recentes