Partilhe

António Félix da Costa não está a ter um fim-de-semana fácil na Hungria. O português foi 17º na primeira corrida do DTM, depois de arrancar do 20º lugar (fez o 15º tempo da qualificação mas foi penalizado). Recuperar três posições foi o melhor que o piloto de Cascais conseguiu, estando agora focado no dia de domingo.

Depois do fim da corrida, Félix da Costa acaba por tirar alguns pontos positivos do resultado: “Não estou assim tão negativo quanto ao meu andamento, principalmente a pensar na corrida de amanhã. Na qualificação percebi que com um segundo jogo de pneus poderia ter ficado no top 10, mas foi esta a estratégia que tínhamos, totalmente a pensar no dia de amanhã”, começa por explicar.

Quanto à primeira corrida, o português diz que fez o que pôde para subir na classificação, mas lembra que “os andamentos aqui no DTM são muito parecidos e ultrapassar também não é fácil em Budapeste”. Recorde-se que esta é a penúltima ronda de Félix da Costa no DTM, já que vai deixar o campeonato na próxima época para se concentrar na Fórmula E.

Os nossos artigos mais recentes