Partilhe

Mattias Ekström vai mesmo falhar a última ronda da temporada do DTM, em Hockenheim, para poder estar presente na penúltima etapa do Mundial de Ralicross em Estering (Alemanha) e assim manter-se na corrida ao seu primeiro título de campeão do mundo. As duas provas são no mesmo fim-de-semana (15 e 16 de Outubro).

O piloto sueco da Audi Sport tem a permissão da estrutura alemã para optar pelo Ralicross em detrimento do DTM na ponta final de temporada, falhando uma etapa do DTM pela primeira vez em 15 anos. Ekström começa por admitir que “não falhei uma única corrida do DTM nos últimos 15 anos, por isso é uma decisão grande decisão da Audi Sport e seguramente também para mim”.

O sueco está mais perto do que nunca de um título mundial da FIA, como faz questão de realçar: “Nunca estive tão perto de ganhar um campeonato do mundo da FIA e estou orgulhoso e honrado por os meus chefes de equipa me darem esta hipótese. Tenho a certeza que vou estar o mais rápido possível para lhes retribuir. Quero dar um passo em frente rumo a um grande troféu não só para mim e para a minha equipa EKS, como também para a Audi Sport”, refere.

Nas contas do Mundial de Ralicross, Ekström lidera dez pontos à frente do campeão em título, Petter Solberg. Com 90 pontos em disputa nas três etapas que faltam, ainda podem chegar ao primeiro lugar Johan Kristoffersson, Andreas Bakkerud, Sébastien Loeb e também Timmy Hansen.

1 COMENTÁRIO

Os nossos artigos mais recentes