Partilhe

A categoria júnior do Europeu de Ralis (ERC Junior) vai ter um novo formato em 2017, dando hipótese aos pilotos de progredirem na carreira. Vão ser criadas duas categorias de idades (sub-27 para carros R2 e sub-28 para carros R5), em mudanças ainda sujeitas à aprovação pelo Conselho Mundial da FIA.

O ERC Junior sub-27, aberto a pilotos com idades até aos 26 anos no início da época, vai ser disputado com carros R2. O campeão é premiado com 100 mil euros para usar na sua progressão para o ERC sub-28 da temporada seguinte.

Já o ERC Junior sub-28, para pilotos com até 27 anos de idade no arranque de época, está aberto a carros R5 e o prémio é ainda mais apetecível: o campeão vai poder disputar um rali do Mundial (WRC) em 2018, num carro com especificações de 2016. Quer os sub-27, quer os sub-28 adoptam um formato de seis ralis em que os quatro melhores resultados entram nas contas finais.

Jean-Baptiste Ley, coordenador do ERC, recorda que há vários pilotos que “procuram dar o próximo passo nos ralis, mas sem recursos financeiros para disputar uma época completa num carro R5, ou sem experiência para ter sucesso de forma consistente”. É esta lacuna que o ERC Junior sub-28 pretende colmatar.

A categoria é o próximo passo para os sub-27 e alavanca os pilotos sub-28 para outros voos “Ao dar um prémio de pilotar no WRC ao campeão sub-28 reconhecemos a ambição dos jovens pilotos em alcançar o topo do desporto”, explica Ley.

Entretanto, mantém-se a ERC Junior Experience, iniciativa de treino orientada aos jovens pilotos que arrancou esta temporada. Os graduados deste programa vão receber uma inscrição gratuita para o ERC Junior sub-27 em 2018.

Os nossos artigos mais recentes