Partilhe

A FIA confirmou as já antecipadas alterações à ordem de partida para as provas do Mundial de Ralis (WRC). Em 2016 o líder do campeonato foi o primeiro a ir para a estrada nos dois primeiros dias de cada etapa, um sistema que foi alvo de várias críticas.

O Conselho Mundial da FIA aprovou esta quarta-feira, em Viena, alterações ao sistema, que vai ter por base apenas o nível de prestação de cada piloto. No primeiro dia a ordem de partida corresponde à classificação no campeonato – com excepção para a prova inaugural da época, na qual a ordem de partida é determinada pela classificação final da época anterior.

Já nos segundo e terceiro dias os pilotos prioritários (P1) partem na ordem inversa da classificação do rali no final do dia anterior, enquanto os restantes arrancam pela ordem da classificação da prova. Quanto aos pilotos P1 que reentram em prova via Rally 2 arrancam no final do grupo dos pilotos P1.

1 COMENTÁRIO

Os nossos artigos mais recentes