Partilhe

A FIA admite ter errado sobre as regras da ordem de partida no Mundial de Ralis (WRC), que deverão sofrer alterações no Conselho Mundial da FIA desta quarta-feira. Este ano, os regulamentos estabeleceram que o líder do campeonato era o primeiro a partir para a estrada na sexta-feira e no sábado, em todas as rondas.

Embora tenham originado uma maior diversidade de vencedores, com seis pilotos diferentes a ganharem pelo menos uma vez, as regras foram também alvo de muitas críticas, sobretudo do mais prejudicado – Sébastien Ogier.

Agora, o director de ralis da FIA, Jarmo Mahonen, faz um “mea culpa” à publicação britânica Autosport, afirmando que “fui o arquitecto desta decisão de alterar os regulamentos para esta época e foi demais. Falei com todos os pilotos e acho que não foi uma decisão difícil – todos estavam a favor de mudanças para a próxima temporada. O que tivemos este ano foi um pouco longe demais”.

Os nossos artigos mais recentes