Partilhe

Filipe Albuquerque entra na recta final do Mundial de Resistência (WEC) com o título dos LMP2 em vista. O conimbricense, em equipa com Bruno Senna e Ricardo González na RGR Sport, quer um pódio nas 6 Horas de Xangai este fim-de-semana e continuar na discussão até ao fim da época.

Mostrando-se optimista, Albuquerque diz gostar do traçado chinês e acredita que “o nosso carro tem tudo para ser competitivo em Xangai. Vamos utilizar em termos aerodinâmicos a carga máxima. Para além disso vimos de uma sequência de três pódios, o que deixa qualquer equipa optimista”.

A equipa do português depende de terceiros para alcançar o título, mas o piloto de Coimbra deixa uma garantia: “Vamos fazer o nosso trabalho e esperar para ver o que acontece aos nossos adversários. Gostávamos de somar mais uma vitória mas um novo pódio já era um excelente resultado preferencialmente se deixarmos para trás os nossos mais directos opositores”, afirma.

O programa das 6 Horas de Xangai arranca esta sexta-feira, 4 de Novembro, com treinos livres. No sábado disputa-se a qualificação, enquanto a corrida tem partida marcada para as 03h00 de domingo (hora de Portugal Continental).

Os nossos artigos mais recentes