Partilhe

Rob Bell, Côme Ledogar e Shane van Gisbergen, da Garage 59 são campeões das Blancpain Endurance Series. Gisbergen não correu a ronda final em Nürburgring (foi rendido por Duncan Tappy), onde os seus colegas terminaram no 30º lugar, suficiente para bater Dominik Baumann, Max Buhk e Jazeman Jaafar por um ponto nas contas finais.

Na corrida alemã o triunfo foi do Lamborghini de Mirko Bortolotti, Rolf Iniechen e Christian Engelhart, com o primeiro dos três a ser decisivo – saltou do quinto posto da grelha até ao comando no primeiro stint, com Engelhart a assumir o volante confortavelmente à frente de Laurens Vanthoor (Audi).

O belga ainda esboçou um ataque ao líder na parte final, terminando a escassos 0.351s do carro vencedor. A cerca de dois segundos ficaram os pilotos da Nissan, Alex Buncombe, Lucas Ordóñez e Mitsunori Takaboshi. Baumann, Buhk e Jaafar não foram além do quarto lugar, não conseguindo pontos suficientes para aproveitarem os azares do carro dos campeões.

Bell foi penalizado no primeiro stint com um drive through devido a incidentes com Marco Bonanomi e Daniel Zampieri. As esperanças de um bom resultado dos campeões esfumaram-se quando Tappy foi abalroado por Luciano Bacheta, tendo que passar pelas boxes com um furo na roda traseira direita. O 30º lugar foi o possível, só suficiente para o título porque os seus rivais não conseguiram chegar ao pódio.

Os nossos artigos mais recentes