Partilhe

Os organizadores do GP de Fórmula 1 em Baku querem uma mudança de data da prova em 2017, de forma a evitar novo conflito com as 24 Horas de Le Mans. Os responsáveis azeris pretendem também que a ronda passe a designar-se GP do Azerbaijão, depois de nesta época ser designada GP da Europa; e que não seja logo a seguir ao GP do Canadá.

Arif Rahimov, promotor da prova de Baku, defende que não deve haver coincidência de datas a maior prova de resistência do mundo e o GP de F1, afirmando que em 2016 “perdemos muita cobertura mediática devido a Le Mans”.

O responsável quer mais exposição na imprensa, e acredita que o conseguirá caso não haja coincidência de datas com Le Mans: “Se conseguirmos mudar a data para não colidir com Le Mans, teremos maior exposição”, diz.

Outra das pretensões passa por evitar que Baku seja na semana imediatamente a seguir ao GP do Canadá, com Rahimov a explicar que “é também um pesadelo logístico para nós – são 900 toneladas em 24 horas para transportar para o circuito. Conseguimos fazê-lo e ficaram satisfeitos com o nosso trabalho, mas é difícil”.

Sobre a designação do Grande Prémio, o responsável revela que as negociações decorrem “mas estamos a tentar alterá-la. Esperamos ter certezas no início do próximo mês. Há muitas questões que precisamos de resolver antes de mudarmos a designação para GP do Azerbaijão”.

Os nossos artigos mais recentes