Partilhe

Gustavo Moura estreou-se a vencer no Campeonato Nacional de Velocidade Turismos (CNVT) no Estoril, na última etapa da temporada. O piloto nortenho faz um balanço positivo da ronda em que se estreou ao volante do Honda Civic, realçando a competitividade do carro.

Logo na primeira corrida, Moura ficou em quarto, bem perto do pódio, depois de ter arrancado de sétimo. Na segunda corrida o homem da Ventilações Moura Laser partiu bem da quarta posição e discutiu a liderança na primeira curva, assumindo a dianteira para não mais a largar e assim estrear-se pessoalmente e à equipa nos triunfos no CNVT.

Nas duas corridas da tarde, Gustavo Moura lutou contra as baixas temperaturas do asfalto, sendo quinto na terceira prova e quarto – perto do pódio – da quarta e última corrida do fim-de-semana e da temporada.

Os resultados satisfizerem, naturalmente, Gustavo Moura, que fala num “dia muito positivo” em que enfrentou bem a pista molhada da parte da manhã antes de ter algumas dificuldades com o asfalto frio nas duas corridas da tarde.

O grande objectivo para o Estoril era conhecer melhor o Honda Civic, com o piloto de Paços de Ferreira a considerar que “conseguimos evoluir ao longo de todo o fim-de-semana, tendo sido a ajuda da Target Competition muito valiosa. O triunfo acabou por ser a cereja no topo do bolo, que teve como base o bom andamento que demonstrámos desde as sessões de qualificação. Foi também muito positivo o contacto que tivemos com o Honda Civic que mostrou ser um carro muito competitivo”.

Os nossos artigos mais recentes