Partilhe

Lewis Hamilton afirma que a dominante vitória no Grande Prémio do Brasil foi “muito fácil”, apesar das condições adversas em Interlagos.

O britânico atingiu a nona vitória da época – e a terceira consecutiva – depois de controlar a corrida de início a fim depois de todos os reinícios.

Hamilton venceu com uma margem superior a 11 segundos para Nico Rosberg, que nunca esteve em posição de incomodar o seu rival no campeonato.

“Foi uma corrida muito fácil”, disse Hamilton. “Provavelmente uma das mais fáceis. Não tive nenhum pião nem momentos complicados, não houve nenhum problema. Silverstone em 2008 foi muito mais difícil.”

Hamilton venceu pela primeira vez em Interlagos e admitiu ter cumprido um sonho dada a sua admiração por Ayrton Senna.

“Tenho sonhado em ganhar aqui desde que era muito, muito jovem. Estas experiências parecem surreais e só vou cair em mim mais tarde.

“Depois de tantos anos em que não ganhei esta corrida… É um Grande Prémio muito difícil de vencer e hoje foi um dos mais difíceis em termos de piso molhado e aquaplanagem – mas foi a corrida mais fácil que tive em 10 anos.”

Esta vitória significa que Hamilton está agora a 12 pontos de Nico Rosberg numa altura em que falta cumprir apenas uma corrida. O alemão pode assegurar o título se for ao pódio em Abu Dhabi.

“Sou o perseguidor e tudo o que posso fazer é o que estou a fazer agora”, disse Hamilton. “A equipa deu-me um bom carro e finalmente a fiabilidade é muito boa. Abu Dhabi é uma boa pista para mim.”

Rosberg diz estar satisfeito com o resultado de hoje, ainda que nunca tenha sido uma ameaça para Hamilton.

“Posso viver com o segundo lugar hoje, ainda que o objetivo hoje fosse a vitória.”

Os nossos artigos mais recentes