Partilhe

Lewis Hamilton admitiu ter estado preocupado durante o Grande Prémio dos Estados Unidos, temendo problemas de fiabilidade semelhantes aos que afetaram o seu Mercedes na Malásia.

Hamilton dominou a corrida de início a fim, tal como se estava a suceder na Malásia no mês passado, quando o motor Mercedes não resistiu às altas temperaturas numa altura em que o britânico estava à beira da vitória.

Em Austin, no entanto, não se registaram quaisquer problemas para Hamilton, que obteve a sua primeira vitória desde o Grande Prémio da Alemanha em Julho.

Ainda assim, o campeão do mundo admitiu estar nervoso relativamente aos problemas que o poderiam afetar no fim da corrida.

“Hoje senti-me confortável a fazer o meu trabalho”, disse Hamilton. “Estive preocupado com a fiabilidade do carro durante toda a corrida. Ele [Rosberg] está muito mais confortável com a fiabilidade, está a correr bem para ele, por isso tenho de continuar a fazer o meu trabalho e esperar pelo melhor.”

Hamilton reduziu a diferença para Rosberg para 26 pontos, numa altura em que restam três corridas, o que significa que o alemão não precisa de vencer outra corrida para ser campeão.

O britânico diz não estar a pensar no campeonato, mas sim em fazer o seu melhor em todos os fins de semana. “Eu apenas me concentro em fazer o melhor trabalho possível. Espero ter mais fins de semana como este, seria ótimo.”

Os nossos artigos mais recentes