Partilhe

Helmut Marko, conselheiro da Red Bull no desporto motorizado, acredita que a sua equipa teve um papel determinante para os problemas de Lewis Hamilton no Grande Prémio da Malásia.

“Nós colocamos pressão permanentemente sobre ele, desafiando sua liderança – e ir permanentemente a fundo não era, provavelmente, a melhor coisa para o seu motor. Mas, mesmo sem a desistência de Hamilton, tinhamos algumas coisas na manga – não vou dizer o quê – só que o teríamos dado luta para o final da corrida.” disse Helmut Marko.

O austríaco confirmou ainda que não houve ordens para Max Verstappen abrandar e não ultrapassar Daniel Ricciardo: “Nós apenas lhe dissemos: Se continuares com este ritmo os pneus dianteiros vão perder a aderência no próximo par de voltas e vais perder o P2. O Max sentiu de facto que estava a perder aderência a cada volta e então não foi um problema para ele manter posição.”

 

 

Os nossos artigos mais recentes