Partilhe

Durante o Grande Prémio de Itália, Jenson Button anunciou que não estaria no ‘grid’ da Formula 1 em 2017, sendo substituído por Stoffel Vandoorne na McLaren. No entanto, o piloto inglês renovou o seu vínculo com a equipa de Woking, deixando em aberto a possibilidade de regressar à Formula 1 em 2018.

O campeão do mundo de 2009 espera um estilo de vida mais relaxado em 2017, mas não fecha a porta à competição automóvel.

“Quero passar mais tempo com a família, amigos e fazer outras coisas… Eu adoro triatlos e talvez possa correr noutra categoria como Rallycross ou Super GT no Japão.”

“Há muitas possibilidades em aberto e isso é excitante… Tenho contrato para correr com a McLaren em 2018 se a equipa me quiser e eu achar que quero correr.”

“Estou na Formula 1 há 17 anos, basicamente toda a minha vida adulta, portanto quero viver um ano em que não tenha de seguir esse calendário.”

O Super GT é uma categoria de carros de turismo japoneses, onde o ex-piloto de Formula 1 Heikki Kovalainen e o piloto de testes da McLaren Oliver Turver estão atualmente a competir.

Os nossos artigos mais recentes