Partilhe

O final de época do Campeonato Nacional de Velocidade Turismos (CNVT) não terminou da melhor forma para José Rodrigues, que não conseguiu alcançar o título. Os pneus acabaram por ser o ponto fraco do piloto minhoto, sobretudo nas duas primeiras corridas e na quarta.

Uma escolha errada de pneus slick na primeira corrida e os pneus para chuva novos condicionaram José Rodrigues nas duas primeiras corridas, enquanto na terceira prova tudo correu de feição, com o nortenho a ser o terceiro classificado depois de ter lutado pelo segundo lugar.

Na quarta e última prova do Estoril – e da temporada – José Rodrigues ocupava a segunda posição com o líder pouco à sua frente quando sofreu um furo que o obrigou a parar nas boxes e hipotecou a presença no pódio. No fim, o homem da GEN Motorsport foi oitavo classificado.

O piloto de Braga diz que a terceira corrida “foi a única sem grandes contratempos. No entanto, para as duas últimas provas, só me restava disfrutar”. No balanço da derradeira ronda da época, Rodrigues fala de “um fim-de-semana muito azarado. No entanto, mostrei que, sem problemas, estou nos mais rápidos e foi pena os problemas que sofri, porque senão estaria a comemorar um lugar mais alto que o quarto em que fiquei na classificação final do campeonato”.

Os nossos artigos mais recentes