Partilhe

Kajetan Kajetanowickz é bicampeão do Europeu de Ralis (ERC), garantindo o título com o quarto lugar no Rali Liepaja, na Letónia. Esta era uma ronda adiada desde Fevereiro, sendo disputada em terra batida e não em neve, como deveria acontecer sem o adiamento.

Em solo letão, Kajetanowicz não se livrou de alguns sustos, mas fez o suficiente para superar desde já o seu principal rival, Alexey Lukyanuk, que foi o segundo classificado no Rali Liepaja. Ralfs Sirmacis ganhou a prova caseira confortavelmente, ao passo que Siim Plangi encerrou o pódio.

A primeira vitória de Kajetanowicz esta temporada tardou – só chegou na Polónia em Agosto – com o polaco a destacar-se pela regularidade (só falhou um dos quatro primeiros lugares por duas vezes (Argentina e República Checa). Já Lukyanuk tem um registo de dois abandonos e um rali fora dos pontos em sete participações, e nem o segundo lugar na Letónia o manteve na corrida ao título.

O ERC 2016 ainda não terminou, mas fica já marcado pela crise, com apenas dois pilotos – os que discutiram o título… – a serem capazes de disputar praticamente todas as rondas até agora (só falharam uma, cada). Alguns dos que poderiam ter sido protagonistas só fizeram participações esporádicas, casos de Craig Breen, Jan Kopecky ou Bryan Bouffier, o que acabou por permitir a Sirmacis revelar-se, somando três vitórias até ao momento.

Marijan Griebel campeão junior
O ERC Junior não vai ao Chipre, pelo que Marijan Griebel (Opel) assegurou o título com o triunfo na Letónia, onde o seu principal rival, Chris Ingram, abandonou com problemas eléctricos. Já no ERC2 o título está entregue a Woljciech Chuchala mesmo com o acidente perto do fim do Rali Liepaja. Quanto ao ERC3, as contas permanecem totalmente em aberto, com Ingram dois pontos à frente de Griebel à entrada para a última ronda do ano.

Os nossos artigos mais recentes