Partilhe

Estering, na Alemanha, recebe o Mundial de Ralicross este fim-de-semana, em mais uma etapa que promete ser emocionante na luta pelo título. Mattias Ekström decidiu ficar de fora de uma ronda do DTM pela primeira vez em 15 anos para defender a sua liderança e eventualmente sagrar-se já campeão, tendo em Johan Kristoffersson o seu rival mais próximo.

As contas para Ekström são mais simples, uma vez que se sair da ronda alemã com pelo menos 30 pontos de vantagem faz a festa desde já. Curiosamente o sueco nem tem recordações muito boas de Estering – em 2014 perdeu para Petter Solberg pela margem mais curta da história do campeonato.

Na antevisão da penúltima prova da época Ekström ainda não se vê campeão, afirmando que “ainda falta muito para acabar. Em Estering e na última ronda na Argentina estão 60 pontos em disputa. E esta competição não dá margem para distracções – um erro e a liderança pode escapar num piscar de olhos”.

Apesar da grande margem do sueco do Audi as contas da luta pelo título estão animadas, com um total de cinco pilotos matematicamente na contenda – além de Ekström e Kristoffersson ainda têm ambições Petter Solberg, Andreas Bakkerud e o único não nórdico, Sébastien Loeb. O francês vem do seu primeiro triunfo e acredita que “não há razão para eu não poder lutar novamente pelo primeiro lugar em Estering, e um pódio no campeonato de pilotos ainda é possível”.

Também o campeonato de equipas está em aberto, com a EKS e a Peugeot-Hansen a serem as grandes protagonistas, separadas por apenas oito pontos. A líder EKS conta com Ekström e Toomas Heikkinen, enquanto a Peugeot-Hansen luta com Timmy Hansen e Loeb.

Paul Bellamy, director do Mundial de Ralicross para a IMG, acrescenta que “Estering é um circuito fantástico e tradicional de ralicross conhecido pela sua primeira curva. O desenho é ideal para corridas muito disputadas até à última volta. O título de pilotos pode ser decidido este fim-de-semana, e a pressão estará do lado de Johan Kristoffersson e Petter Solberg para somarem o maior número de pontos possível e impedir Mattias Ekström de selar o título”.

Programa:

Data Hora (de Lisboa) Sessão
Sábado, 15 de Outubro 11h00 Qualificação 1
13h45 Qualificação 2
15h15 Qualificação 3 (TouringCar e Super1600)
Domingo, 16 de Outubro 08h15 Warm-up Mundial de Ralicross
09h00 Qualificação 3 (Supercar Mundial de Ralicross)
Qualificação 4 (TouringCar e Super1600)
Qualificação 4 (Supercar Mundial de Ralicross)
11h30 Meias-finais (Super1600)
Meias-finais (TouringCar)
Final (Super1600)
14h00 Meias-finais (Mundial de Ralicross)
Final (TouringCar)
Final (Mundial de Ralicross)

Os nossos artigos mais recentes