Partilhe

Depois de dias repletos de trabalho, que incluíram testes com vista a 2017 e a preparação dos Ford para o Rali da Catalunha, a M-Sport enfrenta a antepenúltima prova do Mundial de Ralis (WRC) com a expectativa de ter os seus dois principais pilotos competitivos em Espanha.

Mads Østberg mudou a sua abordagem ao asfalto depois da Córsega, e vê a etapa catalã como uma oportunidade de “colocar em prática a aprendizagem da Córsega. Ainda há trabalho para fazer mas espero que possamos mostrar progressos no asfalto”. O norueguês aponta aos primeiros lugares, referindo que “se tudo correr bem não vejo razão para não podermos lutar pelas posições dianteiras, especialmente na terra batida”.

Já Eric Camilli encara o Rali da Catalunha como uma hipótese de continuar a preparar a época de 2017, e considera que “aprendemos muito num curto espaço de tempo” com o Rali da Córsega e os testes depois dessa prova. É um caminho no qual o francês quer continuar, estabelecendo o objectivo de “ter outro rali sem erros mas, se nos sentirmos confortáveis, acredito que é possível mostrar velocidade, como fizemos na última prova”.

Além de Østberg e Camilli a M-Sport tem ainda Ford Fiesta RS WRC para Ott Tänak e Lorenzo Bertelli. O estónio procura pontuar pela segunda prova consecutiva, enquanto o italiano vai para o seu rali consecutivo na esperança de somar pontos pela segunda vez em 2016.

Os nossos artigos mais recentes