Partilhe

Nick Tandy deve ser o sucessor de Mark Webber na Porsche em LMP1, no Mundial de Resistência (WEC). O britânico de 31 anos ganhou as 24 Horas de Le Mans do ano passado no terceiro carro alemão com Earl Bamber e Nico Hülkenberg, e esta época compete com o construtor nos GT, nomeadamente no IMSA SportsCar Championship dos Estados Unidos.

De acordo com o site Motorsport.com já existe um acordo em cima da mesa para promover Tandy ao programa de LMP1, não sendo evidente se é uma troca directa com Webber (que vai terminar a carreira) ou há mais mudanças no “line-up” dos dois carros de Estugarda.

Por agora nada é oficial e há outros cenários possíveis, mas são dois os favoritos ao lugar. Andreas Seidl, chefe de equipa da Porsche, voltou a frisar nas 6 Horas de Xangai do último fim-de-semana que “o Earl Bamber e o Nick Tandy estão no nosso programa de GT e continuam no topo da lista. Estamos convictos que podem ter resultados como os de 2015, são os primeiros a merecer assumir o lugar”.

Contudo, o responsável lembra que com a saída da Audi do WEC o mercado ficou mais agitado: “Todos os seis pilotos da Audi são de tipo, com muita experiência nas competições de resistência, e claro que são interessantes”, considera.

Os nossos artigos mais recentes