Partilhe

Sébastien Ogier é tetracmpeão do Mundial de Ralis (WRC), depois de ter assegurado esta manhã o triunfo no Rali da Catalunha. Ao dominar os acontecimentos no sábado o francês superou o piloto da casa, Dani Sordo, que acaba a mais de 15 segundos e meio. Thierry Neuville fechou o pódio.

Na Power Stage o triunfo foi de Jari-Matti Latvala, que assim assegurou três pontos depois de ter ficado arredado dos primeiros lugares devido a problemas no seu Volkswagen na sexta-feira. Ogier, noutro carro dos alemães selou o triunfo no rali com o segundo tempo, cerca de segundo e meio mais rápido do que Sordo, que garantiu o ponto adicional do terceiro lugar da Power Stage.

O “filme” do Rali da Catalunha
O rali espanhol começou com Ott Tänak a vencer no centro de Barcelona, mas o estónio do Ford perdeu a liderança para Neuville (Hyundai) logo na primeira classificativa “a doer”), com o belga a ceder o comando a Ogier (Volkswagen) logo a seguir.

A primeira passagem do francês pelo comando também não durou muito tempo, com Sordo a assumir a dianteira na PEC 5. Depois da vitória no troço seguinte e do segundo tempo na PEC 6 o espanhol entrou no terceiro dia com 17 segundos de vantagem.

Foi uma margem curta para a reacção de Ogier: ganhou cinco das oito classificativas de sábado para terminar com cerca de seis segundos de vantagem, diferença que aumentou com três segundos e um primeiro lugar nas especiais deste domingo. Para Sordo fica o segundo posto da prova caseira que iguala o seu melhor resultado da época até agora.

Terceiro lugar para Thierry Neuville, que realizou uma prova constante e sempre dentro dos cinco primeiros. Depois de assumir a quarta posição na tarde de sexta-feira, o belga viu Andreas Mikkelsen capotar e ficar fora de prova no sábado para subir aos lugares de pódio que nunca mais largou. Hayden Paddon foi quarto e Mads Østberg encerrou os cinco primeiros, depois dos problemas de motor de Kris Meeke na manhã de domingo.

No WRC 2 Jan Kopecký ganhou o duelo contra Pontus Tidemand, com ambos a entrarem nos dez primeiros da geral este domingo. Já Fabio Andolfi foi o melhor do WRC 3 na frente de Michaël Burri por larga margem – quase nove minutos. Também Jon Armstrong foi um tranquilo vencedor do Drive Dmack Trophy, acabando com mais de 50 segundos de vantagem para Gus Greensmith.

Classificação final (10 primeiros):

Pos. Piloto Carro Tempo/Dif.
Sébastien Ogier Volkswagen Polo R WRC 3h13m03,6s
Dani Sordo Hyundai i20 WRC + 15,6s
Thierry Neuville Hyundai i20 WRC + 1m15,0s
Hayden Paddon Hyundai i20 WRC + 1m27,8s
Mads Østberg Ford Fiesta RS WRC + 3m24,4s
Ott Tänak Hyundai i20 WRC + 5m24,9s
Kevin Abbring Skoda Fabia R5 + 7m31,3s
8º (1º WRC 2) Jan Kopecký Skoda Fabia R5 + 9m05,1s
9º (2º WRC 2) Pontus Tidemand Ford Fiesta RS WRC + 9m20,4s
10º Crag Breen Citroën DS3 WRC + 9m57,1s
17º (1º WRC 3) Fabio Andolfi Peugeot 208 R2 + 25m30,0s
23º (1º DMACK) Jon Armstrong Ford Fiesta R2T + 34m33,0s

 

Resultado da Power Stage:

Pos. Piloto Carro Tempo Dif.
Jari-Matti Latvala Volkswagen Polo R WRC 7m55,8s
Sébastien Ogier Volkswagen Polo R WRC 7m57,4s + 1,6s
Dani Sordo Hyundai i20 WRC 7m59,0s + 3,2s
Thierry Neuville Hyundai i20 WRC 7m59,4s + 3,6s
Hayden Paddon Hyundai i20 WRC 7m59,4s + 3,6s
Craig Breen Citroën DS3 WRC 8m01,0s + 5,2s
Mads Østberg Ford Fiesta RS WRC 8m02,2s + 6,4s
Eric Camilli Ford Fiesta RS WRC 8m06,1s + 10,3s
Jan Kopecký Skoda Fabia R5 8m10,2s + 14,4s
10º Kevin Abbring Hyundai i20 WRC 8m11,2s + 15,3s

Os nossos artigos mais recentes