Partilhe

Vão mudar as muito controversas regras do Mundial de Ralis (WRC) sobre a ordem de partida para os ralis. As alterações devem ser introduzidas na próxima época, voltando a usar-se um sistema que não prejudica tanto o líder do campeonato.

De acordo com a publicação britânica Autosport, a Comissão WRC decidiu na reunião de quarta-feira em Paris que o primeiro classificado do campeonato só vai abrir a estrada no primeiro dia. Nos restantes a ordem de partida corresponde à inversão da classificação, como acontecia em 2014.

Recorde-se que Sébastien Ogier “liderava” o coro de críticas à actual forma de determinar a ordem de partida (o líder do campeonato abre sempre a estrada), e o ex-chefe de equipa da Volkswagen, Jost Capito, chegou a admitir que o francês podia retirar-se caso os regulamentos não mudassem.

Mas as novidades não ficam por aqui: a Power Stage vai atribuir mais pontos e a mais pilotos, com os cinco mais rápidos desse sector selectivo a pontuarem num esquema de 5-4-3-2-1 pontos. Estas alterações devem começar a vigorar no Rali de Monte Carlo, em Janeiro do próximo ano.

De destacar ainda que a FIA já estará a trabalhar num Troféu FIA WRC destinado aos pilotos privados em carros de 2016. Decidiu ainda manter o WRC 3 na próxima temporada, apesar do futuro da categoria ter sido colocado em dúvida. Todas estas alterações têm que ser aprovadas pelo Conselho Mundial da FIA, que se reúne no final do mês.

Os nossos artigos mais recentes