Partilhe

A Porsche é o mais recente construtor a demonstrar interesse na Fórmula E, e ter-se-á proposto a ser fornecedora exclusiva de baterias em 2018, quinta época do campeonato. A marca de Estugarda tem feito representar-se por gestores de topo em diversas rondas da Fórmula E.

Nesta altura, consultores independentes designados pela FIA estão a avaliar as candidaturas a fornecedor de baterias, num processo que deverá estar concluído em Outubro – é possível, inclusive, que o anúncio formal surja no ePrémio de Hong Kong, embora antes possa existir alguma directiva do Conselho Mundial da FIA da próxima semana.

Para já, não há comentários oficiais da Porsche sobre o assunto, mas de acordo com o site Motorsport.com já está a trabalhar na pesquisa e desenvolvimento da tecnologia, bem como na candidatura para fornecer todas as equipas de Fórmula E. Deverá ter pelo menos cinco “rivais”: McLaren, DS, Mahindra, Williams e SAFT, que já submeteram propostas.

A participar no Mundial de Resistência (WEC) pela terceira época consecutiva, a Porsche sagrou-se campeã no ano passado. A intenção na Fórmula E não passa por entrar como equipa oficial, mas apenas como fornecedora de baterias, algo que tem desenvolvido no 919 Hybrid de LMP1. Além disso tem também trabalhado em veículos eléctricos de estrada e é responsável por desenvolver e gerir a tecnologia de baterias para todo o Grupo Volkswagen.

Os nossos artigos mais recentes