Partilhe

Nico Rosberg sagrou-se campeão no Domingo passado depois de ter terminado as últimas 4 corridas da temporada na 2ª posição, atrás do seu companheiro de equipa e rival na luta pelo título, Lewis Hamilton.

O piloto alemão venceu pela última vez no Grande Prémio do Japão e justificou a falta de vitórias nas últimas provas do ano com o facto de ter de lidar com a pressão, ao contrário de Hamilton que “não tinha nada a perder”.

“Foi a minha melhor temporada e fiz as melhores corridas da minha carreira, definitivamente”, começou por dizer o novo campeão do mundo.

“As últimas corridas, principalmente a última, não mostraram o verdadeiro Nico. A pressão torna-te mais lento.”

“Por outro lado, o Lewis não tinha nada a perder. Vimos o melhor Lewis nas últimas corridas porque ele não estava sob pressão.”

“Ele tem estado super motivado, super concentrado e a trabalhar como sempre trabalhou sem ter nada a perder.”

“Eu tive de lidar com a pressão de estar na liderança e ter de correr contra o Lewis, isso tornou tudo muito mais difícil. Portanto estou feliz por ter acabado da forma que acabou.”

Os nossos artigos mais recentes