Partilhe

Faltam duas rondas duplas para o final da época do DTM e Marco Wittmann pode assegurar o título já na Hungria, este fim-de-semana. O piloto alemão está com 33 pontos de vantagem para Edoardo Mortara no campeonato, sendo o natural favorito – até dois terceiros lugares podem chegar para fechar as contas desde já.

Na antevisão da ronda de Budapeste, Wittmann não fala de título, embora recorde o triunfo alcançado em terras húngaras no em que se sagrou campeão: “Fui muito bem-sucedido aqui em 2014, quando converti uma pole position em vitória. Um resultado semelhante seria bom este ano. Contudo, muito mudou na pista desde que corremos aqui pela última vez. Há um novo asfalto, por exemplo. Vai ser um desafio para todos os pilotos”, refere.

Esta temporada o piloto alemão da BMW tem-se destacado pela sua consistência, falhando os pontos em apenas duas corridas (as primeiras dos fins-de-semana de Hockenheim e de Moscovo). De resto só tem três vitórias e outros dois pódios, mas é também dos poucos que ainda não abandonou provas em 2016.

Curiosamente é uma temporada semelhante à que levou Wittmann ao título há dois anos – na altura só não pontuou uma vez, registando “apenas” quatro vitórias e um pódio. Agora, o seu principal rival é Edoardo Mortara (Audi), que segue a 33 pontos no segundo lugar. Embora realisticamente só o italiano, Robert Wickens e Jamie Green ainda possam ambicionar chegar ao título, matematicamente os dez primeiros ainda estão na corrida.

Os nossos artigos mais recentes