Partilhe

Um frustrado Daniel Ricciardo acredita que Sebastian Vettel e Lewis Hamilton deviam ter sido penalizados no Grande Prémio do México.

Lewis Hamilton cortou a primeira curva no início da corrida e voltou à pista com uma vantagem confortável para Nico Rosberg.

O incidente não foi, no entanto, investigado pelos comissários. Na parte final da corrida, Max Verstappen foi penalizado em 5 segundos por ter feito o mesmo, numa altura em que se defendia de Sebastian Vettel.

Ricciardo admitiu ter ficado surpreendido pelo facto de Hamilton não ter recebido uma penalização.

“Para ser honesto também não percebi a partida e como é possível estar a liderar a corrida, defender a posição, bloquear as rodas, sair de pista e continuar na liderança” disse o australiano à Sky.

“Acho que o Lewis merecia uma penalização. Qualquer um nessa posição merecia. Eu vi o Verstappen cortar a chicane quando se defendia do Seb, e ele foi penalizado.

“Não sei, para mim quando se bloqueia as rodas e se corta a curva é um erro, e é preciso pagar por ele.”

Incidente com Vettel

O piloto da Red Bull também é da opinião de que Vettel merecia uma penalização depois de ser ter movido em plena travagem quando lutava com o australiano no fim da corrida.

Ricciardo e Vettel tocaram-se na quarta curva, quando o piloto da Red Bull tentou ultrapassar o Ferrari, mas o alemão permaneceu na frente.

Vettel, no entanto, está sob investigação por esse incidente.

“Acho que o Seb fez aquilo de que toda a gente se está a queixar ultimamente, mover-se na travagem” disse Ricciardo. “Ele está a rir-se agora… Não sei porquê, para mim ele não merece estar no pódio depois daquela manobra.”


Os nossos artigos mais recentes