Partilhe

O piloto australiano da Red Bull já não vencia um Grande Prémio há mais de 2 anos, altura em que ganhou o GP da Bélgica de 2014 e, entre agradecimentos à família e equipa, não esqueceu Jules Bianchi, de quem era muito próximo.

Ricciardo ansiava por uma vitória há muito tempo e foi acumulando agradecimentos e dedicatórias ao longo desse período. Uma dessas dedicatórias era para Jules Bianchi, que sofreu um grave acidente no Grande Prémio do Japão de 2014, acabando por falecer no ano seguinte, 9 meses depois de internamento nos cuidados intensivos.

“Quero dedicar esta vitória aos Jules também. Esperei este tempo todo para poder dedicar-lhe uma vitória. A minha vida mudou depois do acidente. Sou extremamente grato e apreciador de tudo o que tenho. Vou dedicar-lhe esta”, disse Ricciardo depois do Grande Prémio da Malásia.

Os nossos artigos mais recentes