Partilhe

Sébasiten Ogier deve testar um Ford Fiesta RS WRC de 2017 ainda esta semana, numa altura em que ainda não tem equipa para disputar o Mundial de Ralis (WRC) da próxima época. O francês está ainda a considerar as opções para dar continuidade à carreira, na sequência da saída da Volkswagen do campeonato.

De acordo com a publicação britânica Autosport o ensaio de Ogier com a M-Sport vai ser no País de Gales ou na propriedade da equipa na floresta de Greystoke. O chefe de equipa, Malcolm Wilson, não esconde que não quer deixar “fugir” o francês novamente, falando de “uma das melhores oportunidades que esta empresa já teve e que não posso deixar escapar”.

Ogier trabalha afincadamente no seu futuro e nem esteve presente na Gala WRC em Sidney depois do Rali da Austrália, viajando para a Europa após o fim da última prova da época. Nesta altura a M-Sport é uma forte possibilidade para Ogier, que quer testar os carros antes de assinar com alguém – algo que a Citroën não parece pretender que aconteça. Os franceses podem ter também condicionalismos orçamentais.

Na Hyundai, o chefe de equipa, Michel Nandan considera que “as hipóteses de ter Ogier para a próxima época são tão pequenas que não seria justo para os nossos pilotos deixá-lo pilotar o carro”.

A Toyota é outra opção do gaulês, que deve inclusive testar um carro japonês, mas há rumores que dão conta do arrastar das conversações com Tommi Makinen. Além disso, a publicação britânica Autosport refere que a formação dirigida pelo finlandês já terá feito uma oferta a Jari-Matti Latvala.

Os nossos artigos mais recentes