Partilhe

Já imaginou como serão os carros de Le Mans em 2030? A Michelin desafiou designers de todo o mundo a fazê-lo e anunciou agora os vencedores do Michelin Challenge Design “Le Mans 2030: Design for the Win” (“Le Mans 2030: Design para a Vitória”), realizado em parceria com o Automobile Club d’lOuest (ACO).

O português Daniel Bacelar Pereira foi um dos três vencedores, com o projecto Bentley 9 Plus Michelin Battery Slick, que explora a possibilidade de umas 24 Horas de Le Mans totalmente eléctricas. Terminou no segundo lugar.

O vencedor foi Tao Ni, da China, com a proposta Infiniti Le Mans 2030 que sugere um piloto automático para o período nocturno da corrida; e em terceiro ficou o canadiano Kurt Scanlan, que propõe o Maserati Cierzo C1 a virar com a ajuda das asas, polímeros electroactivos e inovações ao sistema de telemetria para uma maior interactividade com os adeptos. Houve ainda outros sete finalistas.

Para Thom Roach, da Michelin North America, “os vencedores do desafio apresentaram características altamente inovadoras para a corrida de Le Mans em 2030 e a qualidade do trabalho dos participantes deste ano foi verdadeiramente excepcional”.

Já Pierre Fillon, presidente do ACO, recorda que “as 24 Horas de Le Mans sempre foram palco de grandes inovações no automobilismo que testámos durante a corrida mítica para veículos de produção em série. Compreendo o quão difícil foi para os jurados decidir dada a qualidade do trabalho enviado para o concurso, que pretende prever que tipo de carro irá correr nas 24 Horas de Le Mans de 2030”.

Os nossos artigos mais recentes