Partilhe

A Speedy Motorsport terminou o Campeonato Nacional de Velocidade Turismos (CNVT) na terceira posição, depois de três pódios na ronda final de época, disputada este fim-de-semana no Autódromo do Estoril.

Na primeira prova do fim-de-semana, Rafael Lobato arrancou da pole position mas perdeu a liderança nas primeiras voltas, terminando em segundo atrás de Francisco Mora. César Machado alcançou dois quartos lugares nas corridas intermédias, que afastaram a dupla das contas do título ainda antes da última corrida. Nessa prova, Lobato alcançou o terceiro posto para garantir a mesma posição no fim do CNVT.

No rescaldo do fim-de-semana do Estoril, Rafael Lobato admite que errou na primeira corrida “muito por culpa de uma pista ainda muito difícil devido às condições atmosféricas. O segundo lugar final acabou por ser um bom resultado”.

O transmontano realça o nível do novo campeão Francisco Mora no Estoril ao dizer que “infelizmente, apesar de matematicamente ser possível o título, o novo campeão esteve muito bem e depois de algumas dificuldades nas duas corridas feitas à tarde, a derradeira manga do Racing Weekend do Estoril foi um mero cumprir de calendário que, mesmo assim, rendeu um terceiro lugar”.

Pedro Salvador, responsável da Speedy Motorsport, escreveu nas redes sociais que apesar de Lobato e Machado não conseguirem alcançar o título pretendido “quero pessoalmente enaltecer e agradecer a dedicação de toda a equipa, aos nossos pilotos Rafael Lobato e César Machado pela atitude, determinação, competitividade e fantástico companheirismo que infelizmente não foi premiado com a conquista título”.

Os nossos artigos mais recentes