Partilhe

Timo Scheider vai deixar o DTM depois da última corrida da temporada, este domingo (16 de Outubro) em Hockenheim. É o ponto final a uma carreira de 11 anos, em que o alemão conquistou dois títulos e sete triunfos. O piloto termina também a sua ligação à Audi, construtor com o qual também ganhou as 24 Horas de Spa-Francorchamps em 2011.

Aos 38 anos, Scheider admite que queria continuar a correr, mas refere que “tenho vários outros projectos entusiasmantes aos quais vou dedicar mais tempo no futuro. Isso inclui as minhas próprias equipas no karting e na Fórmula 4”.

O alemão garante, ainda assim, que vai continuar no activo: “O piloto Timo Scheider vai continuar a existir – no ralicross ou noutras categorias, é algo ainda a ver”, afirma.

Wolfgang Ullrich, director da Audi Motorsport, acrescenta que “celebrámos vários sucessos juntos. O Timo Scheider foi sempre um piloto de equipa e vai ficar para sempre ligado à bem-sucedida história da Audi no automobilismo”.

Os nossos artigos mais recentes