Partilhe

O Mundial de Ralicross (World RX) terminou este fim-de-semana na Argentina com o triunfo de Andreas Bakkerud, da Hoonigan Racing Division. O norueguês do Ford assegurou assim o terceiro lugar no campeonato de pilotos, já conquistado por Mattias Ekström (Audi). A formação do sueco selou o título de equipas no Autódromo Rosario.

Na final, Bakkerud arrancou bem para dominar a prova, enquanto Johan Kristoffersson (Volkswagen) foi um tranquilo segundo classificado, mesma posição em que terminou o campeonato. Toomas Heikkinen terminou no lugar mais baixo do pódio e ajudou a EKS a celebrar o título de equipas, em conjunto com Ekström, que foi quinto. A EKS superou a também sueca Peugeot-Hansen, cujo melhor piloto na Argentina, Sébastien Loeb, foi apenas oitavo classificado.

No final da prova, o vencedor da última etapa da época, Bakkerud, mostrou-se emocionado por ter conquistado o terceiro lugar do campeonato. Afirmou que “estou muito orgulhoso de mim próprio e quero agradecer a todos os parceiros e adeptos que me apoiaram. Desde que o Ken Block me telefonou no ano passado para confirmar que eu seria o seu colega de equipa tem sido uma jornada incrível”.

Ekström, por seu turno, conseguiu juntar o título de equipas ao de pilotos. O sueco referiu após a ronda da Argentina que “sempre sonhámos com este momento, mas não foi fácil. Como piloto e proprietário de equipa, esta época foi fantástica – há apenas três anos começámos do zero e agora somos campeões a dobrar. É bom para o piloto, mas para a equipa é ainda melhor, já que todos trabalharam arduamente”.

Os nossos artigos mais recentes